ENTREVISTA EM LOS ANGELES


Nosso artista foi exclusivamente convidado pela mídia de Los Angeles pra falar um pouco sobre o movimento Underground no Brasil, e suas características à Futura musica de dançar. De Taubaté para o mundo Rhamm Thrash tem tamanha criatividade para levar longe os interesses dos movimentos independentes locais.

Acompanhe a entrevista em LOS ANGELES pela Straight Up! Music  🌊🌊🌊

10404077_833549486674090_3078461628118000592_n

SUM: Olá Rammon, obrigado por ter tomado o tempo para falar com a gente, Como tem sido 2014 até agora para a sua carreira?
Olá Mundo .. Yeah! Estou animado com as realizações e destaques que recebi este ano, estou muito feliz!
SUM: Conte-nos como “Rhamm Thrash” veio a ser? Como você definiria seu estilo e quem / o que são suas influências musicais?
Sim, claro !, eu me considero como um produtor Futuro sulco! Seguindo influências da música eletrônica, como .. Electro, Dub, Techno, groove e tambores experimentais, atualmente eu ir para uma composição futurista e eu acho difícil ficar em um legal!haha eu crio tudo o que eu penso e sinto, eu vou explicar:

Eu sinto que a minha música é uma mistura de imaginação e emoção .. sim, isso me pedir para uma descarga de adrenalina, eu também notar que nas pistas de dança quando estou jogando, é incrível! hm, eu vou dizer que minha influência é o Universo.
SUM: Recentemente, você lançou “Polar EP B”, que foi um EP orientada Techno. Por favor, descreva brevemente o processo criativo do EP, o que você e quais ferramentas você usa Software / Hardware que o ajudou a fazer isso produções originais uma realidade inspira.
O processo criativo da curiosidade para um novo som foi feito pela primeira vez em minha casa, em seguida, re feito logo depois no meu estúdio. B Polar é um dos meus melhores trabalhos, este projeto mostrou agressão que traduzido para Techno !, minha mente estava cheia de grandes sulcos e tentou experimentar. Eu tenho 10.000 visitas no meu (Soundcloud) e agora a ganhar mais fãs e exposição devido à grande Alliance profunda que eu chamo de casa. B polar é uma mistura modulado com algumas ondas maravilhosas e da utilização de algumas frequências cortes para criar essa linha estranho que grita como um gigante da natureza com raiva!
Eu amo A.N.A. VST !, é muito legal..

SUM: Quantas horas por dia você se vê fazendo sua mágica em seu estúdio?
Hoje eu tenho algum tempo livre para pensar mais sobre o que eu gostaria de criar. Eu gosto de se concentrar por 6 a 8 horas por dia para produzir e essas horas são à noite, amo a aurora principalmente 3:00 para mim é o melhor tempo para pensar.

SUM: O que se sente mais gratificante para você, a produção de música ou Djing?
Eu não vou ser hipócrita, eu amo o contato com a multidão, que é enorme para mim !, aqueles que me conhecem, sabem o quanto eu amo jogar! … Mas o meu valor sentimental é, definitivamente, para a produção de música.

SUM: Qual é a melhor ou a memória mais louca que você tem a partir de um evento ao vivo?
Tenho várias memórias, eu tenho um show em Angra dos Reis RJ Brasil em 2012, que mudou a minha vida !, jogou para 2.500 pessoas e foi enorme! Eu gritava e gritava a multidão era louco .. grandes sulcos !, que era um monte de diversão, o que é um piso de super dança. Eu ainda lembre-se também uma menina colocando a mão na minha bunda enquanto eu estava jogando, eu sempre pensei que era estranho, mas o curioso era que eu estava jogando o meu único ‘Virus Techno’ e entendi que era a reação de Techno! (Risos) .. e depois … para a praia! oh senhor Graças MUSIC PARADISE .. sim Rafael Alves!

SUM: Até agora o que você acha que tem sido o destaque da sua carreira?
Eu vou dizer isto com uma atitude forte, é foi exatamente 2 anos em que tenho sido com a minha nova equipe e rótulo de “AMU13 & Alternative Mafia Underground”. Minha intuição diz “eu sou a próxima” mas não agora !, a verdade é que eu gostaria de ter mais espaço e confiança na indústria do meu país.
Eu quero mais confiança no palco, eu sou novo e eu já tenho grande parte do mercado ao meu lado, eu vou esperar para obter um menu completo !, várias opções .. haha essa é a minha ideia.

SUM: Como você se sente a cena musical no Brasil relaciona-se com a comunidade de dança electrónica em os EUA?
Estamos muito perto no sentido de idéias e imaginação, o Brasil é país bom partido e continua crescendo, grandes artistas dos Estados Unidos jogar aqui e imediatamente se apaixonar, aqui a energia é quente e explosiva !, Eu adoraria atuar em LA um dia.

SUM: Quais são os seus top 5 faixas no momento?
Maetrik – Asteroid Funk
Alex Stein & Victor Ruiz – Bass, Rhamm Thrash – Techno Never Die
Gorillaz – Feel Good (Mandraks & R3ckzet Bootleg), Green Velvet – TECHYES

SUM: Por favor, diga-nos mais sobre o seu movimento “Alternativa Mafia Underground”, como ele começou e o que é exatamente?
Ei cara esta foi uma grande aliança! Eu coloquei a maioria das pessoas que eu amo para este projecto. Tudo começou em 15 de junho de 2013, 800 pessoas estavam vestidos de preto, a maneira como ele olhou! homem, eu achei incrível!, é claro que a idéia veio de mim! louco, quando cheguei ao Vinil Clube .. caramba, foi incrível !.
Estamos atualmente a trabalhar com a cidade de Taubaté, SP Brasil, a postular-nos para um futuro Electronic Music Festival nesta cidade para o próximo ano. Eu tinha que ter um monte de café quente, haha, eu sei que a MTV aceitou a nossa campanha e nós temos algum progresso, somos um movimento criado para ‘ser’, estamos empurrando-nos a ser uma cena futuro e, claro, ao lado minha gravadora, funcionários e equipe .. estamos felizes!

SUM: Qual é o estado da cena Techno no Brasil?
Isso é incrível! como está a conduzir por alguns produtores medíocres que fantasiam outras produções. Eu odeio quando tomam a alma de Techno !, eles são falsos e único aqui e isso é sério!
O Brasil é um bom país para Techno música, você pode apenas vir aqui e desfrutar, será um sonho, posso garantir-vos!

SUM: Qual seria um conselho que você tem ajudado em sua carreira?
em 2012 eu tive um contato com os produtores “Luthier” na região !, Thiago veio até mim e me dar algumas palavras de aconselhar! era raro !, Eu também tive uma conversa com ‘Skazi em 2013 apenas depois de um show no Rio de Janeiro e eu tive o privilégio de conhecer’ Gustavo Mota e ‘Mandraks DJ que me ajudam a tomar a direção certa no meu trabalho com todos o apoio .. todos eles me respeitam e admiram a minha produção !, Eu me sinto bem

SUM: Qual artista você admira ou sentir muito respeito por sua contribuição para a cena Techno?
Eu faço a minha lista? (risos)
DJ MANDRAKS, CHEB FIVE, GUSTAVO MOTA, FLEXB, FERNANDO LIMA, ANGY KORE, DOUBKORE, Alex Senna, FERNANDO TESSIS, JAMES DELATO, RAVI FORNARI, ANDRE LUKI, AQUALIGHT, TECHNO BROTHERS, e mais!

SUM: Se você pudesse dis-inventar uma coisa, o que seria?
Modulador! haha Eu amo moduladores! no estúdio eu assistir em São Paulo tem 2 .. Eu ainda acho que feitiçaria (risos)

SUM: O que é uma coisa que você sempre quis como as crianças, mas nunca chegou?
Eu desejo poder voar! e eu poderia voar sobre o Pyramind .., depois de passar esse obstáculo, eu posso alcançar algo na música!

SUM: Qualquer Palavra para seus fãs?
O que eu sinto toques você !, pensar sobre o que eu digo, refletir sobre minhas emoções sem o medo da dor. Meu ranhura é o calor que você precisa ter e ouvir, transpire em torno dele e esquecer, não há nenhuma falha que aflige-la, injetar Techno! Não pare .. diga meu nome.. seja Pyramind! tenha um bom dia meu amor  .. beijos por Rhamm Thrash.

MATÉRIA ORIGINAL DE LOS ANGELES AQUI, CLIQUE! 🌊🌊🌊🌊